Iso 9001

Informativos

Especialista dá dicas para evitar onda de roubos e arrombamentos nesse final de ano



Se você é morador de casa ou apartamento e irá viajar no Natal ou no Réveillon, sabe que deve ficar atento – nesse período do ano, as residências e patrimônios vazios são os principais alvos de roubos e arrastões. Porém, com algumas medidas de segurança, é possível viajar sem ter complicações.

 

Peça para alguma pessoa de confiança dar uma olhada diária no imóvel.

Como, muitas vezes, não é possível deixar a residência com alguém para cuidar o tempo todo, peça a gentileza de algum vizinho ou parente próximo para uma visita diária no local. A ideia é recolher as correspondências, jornais e dejetos de animais ao mesmo tempo em que verifica movimentos estranhos de pessoas rondando a residência. Também é preferível não deixar as luzes acesas durante o dia, já que isso pode significar a ausência dos moradores.

 

Invista em segurança privada.

Uma moradora de condomínio do Norte de Teresina, seguindo os conselhos do especialista, investiu em segurança privada há 3 anos. “Temos cerca elétrica em casa. Na verdade, todos os meus vizinhos têm, porque a gente se preocupa bastante quando a casa fica sem ninguém”, diz.

 

Ela acrescenta que ela e sua família resolveram investir no equipamento de segurança depois de terem um prejuízo de mais de 2 mil reais  durante das férias de julho, de 2014. “Viajamos por 15 dias para o interior de Minas Gerais e, nesse período, roubaram nossa TV e o computador da minha filha. Na época, nossa casa era uma das poucas que não tinha cerca elétrica. Gastamos, mais ou menos, de R$ 700 com kit da cerca e instalação”, afirma.

 

Além disso, é importante não se esquecer dos demais cuidados para o acesso de visitantes e prestadores de serviços:

 

  • Sem aviso prévio do morador, não permitir que empregados domésticos ou crianças possam autorizar o acesso de visitantes.
  • Ao receber prestadores de serviços, é ideal identificá-los e anotar os dados de seus documentos.
  • O acesso de prestadores de serviço, sempre que possível, deve ser restrito a um horário já estabelecido e sempre com autorização do morador.
  • Aguarde para entrar ou para sair se o porteiro está identificando um estranho. Evite comentar sobre suas rotinas, seus bens, patrimônios e ganhos na frente de estranhos.
  • Antes de autorizar a entrada, o morador deve checar se quem está no portão é realmente o visitante que esperava.

 

Além de equipamentos de qualidade, é preciso que a cultura da segurança faça parte do cotidiano de cada morador. A prevenção e a cautela, através das dicas de segurança, devem estar presentes nas atitudes do dia-a-dia e podem ser o principal fator para salvar a vida e a propriedade das pessoas que ali moram.

 

Se você se interessou pela segurança eletrônica, conheça a equipe Embrasil Segurança. Junto a uma equipe qualificada, equipamentos de ponta acompanham a mais eficiente estratégia de segurança e geram um plano completo para a sua residência. Entre em contato pelo número (41) 3213-5888.